Como pode um peixe vivo viver fora d´água fria???

É BOM ESTAR VIVO!

Já havia pensado nesta frase antes, mas apenas pensado…

Agora, cá entre nós, sentir isso com tamanha intensidade confesso que nunca…

Fica difícil explicar com palavras, quase impossível, vem de dentro… Sabe?

No início é uma empolgação só.    Algo como chegar no topo de uma montanha depois de uma trilha  exaustiva e poder gritar   “Uhuuuu!   Estou vivoooo!”    Depois vem a fase da gratidão, agradece-se por tudo o que viveu até aquele momento  o que desencadeia uma nova fase, quando os acontecimentos principais da vida começam a passar rapidamente na memória como se fossem um clipe musical muito bem produzido…  ” Uau! Como vivi!   Como cresci!”   E a empolgação continua… até quando uma palavra interrompe este momento, pode ser um “nossa!’ ou um simples suspiro.  “Ufff”  A partir daí  põe-se os pés no chão começa a fase de voltar para a realidade, lembrar da vida atual que pode não parecer nada com um clipe de musica bem produzido.

Mas ainda assim o sentimento de “é tão bom viver” permanece. Ah, permanece!  E conto uma coisa: Depois que se experimenta uma vez pode -se acessá-lo quando bem entender. Ele está lá!

Mesmo quando alguns nos mostram sua face hipócrita,  fazem questão de ser especialistas na arte de criar joguinhos emocionais para alimentar seu precioso sentimento de superioridade e poder que na verdade só serve para esconder sua  insegurança e  fraqueza, maqueiam suas vidas com frutos de seu dinheiro e  muitas vezes tentam  impor nossa aderência a esta despreziva roda de satisfação momentânea e eterna infelicidade, nos julgam esquisitos por gostarmos de coisas “diferentes ” ( nestes momentos agradeço pela Inquisição já ter acabado e logo em seguida penso, e será que acabou???)     As palavras de um amigo me vem em mente:

“Limites também foram estabelecidos pelos outros, que por conveniência, disseram a você onde você “quer” chegar, o que fazer, como fazer, até onde fazer, quem amar, o que consumir, que o papai Noel existe (pois é preciso vender), que algum produto ou alguma fada, em algum lugar, a qualquer momento vai tirar você desta vida, que alguém em algum lugar, a qualquer momento fez você acreditar que seria a vida perfeita para você e, agora vende  a sua verdade, a “Ressurreição”.”  Mauro José Santin -http://cafeefoco.blogspot.com/

Pois é! E ainda assim, continuo dizendo que é possível sentir que É BOM ESTAR VIVO!

Ah! Já ia me esquecendo, é nesta fase vem a “grande incógnita”:

COMO PODE UM PEIXE VIVO VIVER FORA D´ÁGUA FRIA?

Namaskar.

 

 

 

About these ads

3 Respostas to “Como pode um peixe vivo viver fora d´água fria???”

  1. É verdade, tem muito peixe vivendo em águas escaldantes.
    Passamos por várias caldeiradas e continuamos vivo!!
    Bela foto!
    Bjs.

  2. É Minoru! É pra isso que estamos aqui afinal!!

    Obrigada!

  3. “É possível estar nesse mundo sem ser desse mundo”.
    Creio ser de Jesus esta pérola, que nos lembra que Amar vale a pena. E eu digo: não há como encontrar esse Sopro de Vida que você menciona, sem o Amor, sem a Entrega, sem Presença.
    Francisco disse um dia desses: “é morrendo que se vive para a Vida Eterna”. E eu digo: É Amando que se vive eternamente.
    Te entrega para a tua Presença.
    Bom saber você por aí, Lidiane!!!
    Abraço abraçado do
    MauroJose

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: